Postagens

O Brasil não é para principiantes.

Imagem
Judiciário em manifestação para garantir o auxílio-moradia.
Que país é este? Que elite é essa?
Quão constrangedor está sendo viver aqui.
Neste momento de revolta e consternação com a morte da Marielle - outra mulher, negra e favelada assassinada por lutar contra os esquemas da máquina de revolta e opressão -, o judiciário faz uma manifestação para garantir o auxílio-moradia da categoria por todo país
É isso... isso mesmo... O judiciário está se manifestando a favor do seu auxílio-moradia com a frase esdrúxula: "o período da escravidão acabou". 
É sério, os magistrados estão reunidos neste momento para defender seu auxílio-moradia e comparam as suas condições de trabalho com a dos escravos do Brasil do período escravagista.
É constrangedor, é vil, é facínora esta relação abissal entre a maioria da população na miséria e os grupos privilegiados que se mantém e se reproduzem no poder.
Pior e mais estarrecedor e ver surgir, como iniciativa da justiça e dos arautos bancarrotos da mora…

O Funk mandando seu recado para um Rio Pré-Intervenção

Imagem
Eu era um cara da Baixada e que vinha dos bailes de funk do Lote XV, em Belford Roxo, Farolito de Caxias, Paratodos da Pavuna, Signos e Giros de Nova Iguaçu e várias outras quadras que a massa funkeira frequentava nos encontros de pequenas e grandes equipes de som, mas que, também, estava como estudante de ciências sociais da UFRJ. 
Viver a baixada com todos os seus contrastes e peculiaridades em relação a desigualdade, pobreza, redes de relações colaborativas, violência e ser estudante de uma das maiores universidades do país era algo estranho e que me colocava entre mundos. Eu perdia parte da naturalização que existia no meu olhar sobre as condições sociais e econômicas que vivera até ali e despertava para uma espécie de consciência que gerava um desconforto, um desencanto, em relação a dinâmica histórica e social da Baixada Fluminense. Por outro lado, sabia que o mundo universitário era algo distante, com regras e cobranças, com níveis de dificuldades e assimilação bestante desafi…

Intervenção Federal no Rio de Janeiro decidirá a eleição 2018

O Governo Federal corre para deter o vexame de não conseguir votos suficientes para a reforma da previdência e, ao mesmo tempo, garantir que a máquina eleitoral do PMDB no Rio de Janeiro continue de pé.
Diante do desmoronamento do PMDB no Rio de Janeiro, o governo federal se apressa para resolver dois importantes problemas que fazem o Governo Temer sangrar diariamente: a progressiva diminuição da base parlamentar disposta a mergulhar no desgaste político ao votar com o governo na reforma da previdência e, também, a ameaça do partido de perder a base eleitoral que tem no estado e que garantiu as reeleições consecutivas de Sérgio Cabral e Pezão. A crise do Rio de Janeiro, tem levado o governador Pezão a entregar a gestão para seus partidários, que, por sua vez, estão subordinados aos empresários do crime organizado, como afirmou o ministro da justiça Torquato Jardim, e aos empreendedores que predam as receitas governamentais com isenções fiscais e os benefícios que acumulam com a prop…

Washington Reis condenado, de novo!

Imagem
O Condenado prefeito de Caxias foi considerado um dos deputados federais com maior número de processos na justiça em 2016. Ficou entre o top 5 da Câmara dos Deputados, conforme notícia da EBC.
O meliante do erário da cidade de Caxias recebeu belíssimas considerações de Rodrigo Janot e por Dias Toffoli por suas ações criminosas na cidade e no bairro de Xerém, sendo considerado uma espécie de predador da natureza é um grileiro.
Agora outra condenação pelo TRE. É verdade, ainda têm os recursos, mas o cerco está fechando.
A dúvida que havia sobre a tipificação do crime de formação de quadrilha, na argumentação de Janot, cai por terra, já que o modus operandi é familiar e envolve a linhagem dos Reis, de acordo com os processos e citações que os parentes do velhaco também respondem.

E têm muitos vereadores na Câmara Municipal que se orgulham da "parceragem" com o prefeito. E defende os interesses do infrator e, também, seus interesses na manutenção do condenado no posto de alc…

Sobre às dúvidas de sermos nós

Você que sonha em ser o pastiche do homem branco e de religião, a tua etnia, a tua cultura pusilânime te condena.
Os caras têm mostrado que não ligam em usar a chibata, a maioria deles já foi condenado por trabalho escravo e você, ainda, aí, está em dúvidas que sua chegada a universidade foi fruto de seu incrível esforço pessoal.
Você, infeliz, cansado e se sentindo um merda como amante porque goza rápido e sem graça à vida.
Tá fudido, engarrafamento, comida cara, porta de banco que te aborta, samba que atravessa no cansaço, negão da vida que caiu na lógica capitalista, vai ficar se cobrando sobre um mundo de ilusões.
Eu fico aqui rindo e feliz. Sou de épocas passadas, acostumado com crises, tenho casca e já vi o maldito PMDB fazer muitas mazelas neste país.
Pior né, toda está vontade de sair do mundo, de ficar fora da realidade, te coloca neste mundo que está há um passo do final de semana. Fuga, o que você quer é uma fuga, uma injeção lisérgica domundo.
Você não consegue entend…

Congresso vende deputado no varejo

Perceba que interessante, quase a totalidade dos deputados que salvaram Temer tem processos na justiça.
Estão com sérios problemas e de diversas ordens: respondem processos por trabalho escravo, desvio de dinheiro, currupção, dívidas com fisco, trabalhistas, com bancos públicos, são grilheiros, devastadores do meio ambiente, como os donos de mineradoras, madereiras e caçadores de índios e, também, de negros, nas favelas dos centros urbanos.
Fico constrangido por todos aqueles que tomaram o chá da infantilidade e bateram panela e vestiram a camisa do Brasil do lado destes caras para afastar o governo anterior.
Estes deputados estão tirando o seu emprego, a sua aposentadoria, seus direitos, violando a sua vida para se manterem no poder.
Fazemos parte de um momento constrangedor da história.
Eu sei... Eu sei… muitos tomados por tão grande apatia e o alto grau de embriaguez lisérgica que está mergulhado, ainda, vão questionar se preferíamos o governo anterior. E vão querer falar do P…

TSE condena o Brasil

Imagem
"Eu, como juiz, recuso o papel coveiro de prova viva. Posso até participar do velório, mas não carrego o caixão."
Hermann Benjamim
O TSE em sua decisão fortaleceu às práticas viciosas e cartóriais dos TREs e dos representantes desta instituição nos municípios.
É de conhecimento corrente como traficantes, matadores,  milicianos, contraventores, fichas-sujas, políticos condenados e tantos outros pretendentes a representantes da população buscam as benesses, os privilégios e o prestígio na impunidade e no foro privilegiado.
Não apenas salvaram a vida do Temer e toda corriola, mas condenaram toda a sociedade brasileira no jogo político que é alimentado pelas eleições municipais e estaduais.
Como denunciar campanhas de vereadores e prefeitos marcadas pela compra de votos, mandonismo, associação com o tráfico e milícias, poluição sonora e visual ou em função do volume de recursos de caixa dois e do financiamento de campanhas por empresas prestadoras de serviços beneficiadas com con…